Ouro, Prata, Platina...

Ao longo dos tempos, o ouro, a prata e a platina têm sido utilizados como símbolo de pureza, valor, classe social e ostentação. A verdade é que, no geral, pouco se sabe sobre esses metais fascinantes. Conheça mais alguns detalhes interessantes sobre o ouro, a prata e a platina.

HÁ MUITAS CORES DE OURO: AMARELO PALÁDIO, AMARELÃO, BRANCO, VERDE, ROSA...

Já reparou que as jóias têm cores diferentes de ouro?

Mesmo quando o ouro é amarelo, os tons variam, do mais pálido ao mais vibrante. Além do amarelo, as cores mais conhecidas são o ouro branco e o rosé. Mas há outras, como o verde, o azul e o vermelho. Quer saber como isso é possível?

 

Bem, vamos começar esclarecendo uma coisa: o ouro, um elemento natural, é amarelo. Ele e o cobre, que é vermelho, são os únicos metais coloridos da natureza. Todos os demais, como a prata, o paládio ou a platina, são branco-acinzentados.

 

O ouro é um metal maleável e que precisa ser misturado a outros metais para que a liga fique dura e resulte numa jóia que não amasse. Essa mistura influencia também na cor. 

 

Misturando-se mais ou menos metais, a gente chega às cores. Por exemplo, para fabricar uma jóia de 18K podemos fazer com: 75% de ouro + 15% de prata + 10% de cobre que resultam num ouro amarelo mais claro. A mesma quantidade de ouro com 10% de prata e 15% de cobre resulta num ouro rosado. 75% de ouro na liga é o teor necessário para que a jóia seja considerada 18K.

 

Tem quem faça, como a H.Stern, uma jóia com cor especial, e estamos falando do Ouro Nobre. A cor é intermediária entre o ouro branco e o ouro amarelo, um tom de champanhe, como o anel Galilei.

Mas é claro que a H.Stern não revela a composição desse tom de ouro, é um segredo guardado a sete chaves.

 

A única coisa que sabemos sobre o ouro cor champanhe é que há 75%de ouro na liga, o teor 

necessário para que a jóia seja considerada 18K.

 

Por fim, podemos ainda encontrar o ouro negro que se trata da mistura entre o ouro de tonalidade champanhe com ródio 

negro, o que faz escurecer a peça.
 

Se quiser se aprofundar nesse assunto, vendo inclusive os percentuais de cada metal para chegar a uma determinada cor de ouro, dê uma olhada no site do World Gold Council.

PRATA, PRATA FINA, PRATA DE LEI, PRATA DE BALI, PRATA ITALIANA, ...

A prata é estável em ar puro e água, mas recobre-se de uma película de oxidação quando exposta ao ozônio, gás sulfídrico ou ar com enxofre. Por causa disso e do fato de que ela é muito maleável para ser usada em joalheria na sua forma pura, a prata é ligada a outros metais.


  A Prata 975 contém 97,5% de prata pura e 2,5% de outros metais. A prata 950 contém 95% de prata pura e 5% de outros metais. A Prata 925 contém 92,5% de prata pura e  7,5% de outros metais. A prata 800 contém 80% de prata pura e 10% de outros metais. Apenas consideramos uma peça de prata se ela conter, no mínimo, 80% de prata, essas são as chamadas pratas de lei.

 

A prata de lei tem esse nome graças a uma lei portuguesa, do século XV, que estabelecia que a prata deveria ter pelo menos 80% de pureza,  a fim de prevenir mistura com outros metais na liga, diminuindo o seu valor.

 

Geralmente não se fazem jóias de prata 800, ela 

é mais usada em prataria de cozinha portuguesa, como baixelas, castiçais e talheres.

A prata é prata em qualquer lugar do mundo e as ligas geralmente são as mesmas no mundo inteiro. É um erro pensar que prata “italiana” ou a prata "Bali" é melhor que qualquer outra, o que faz a qualidade da prata é a honestidade na liga (950, 925, etc) e seu correto emprego.

Para a prata se enquadrar como “prata de lei italiana”, por exemplo, basta ela obedecer a lei italiana publicada na Gazeta Oficial da Itália em 16 de fevereiro de 1968 e “preferencialmente” ser fabricada na Itália (onde existe a lei). A lei diz basicamente o seguinte:

Art 1 – “Os metais preciosos considerados na presente lei são os seguintes: platina, paladio, ouro e prata.

Art 2 – “…o título da liga deve ser impresso no objeto em milésimos, bem como o simbolo de identificação do fabricante…”.

Art 3 – “Para a prata – 925, 835 e 800 milésimos”.

Portanto uma peça, fabricada na Itália, e dentro da lei, deve ter o simbolo do fabricante e a quantidade de prata (expressa em milésimos) timbrados na peça (somente isso).

Hoje em dia, as pratas de lei mais utilizadas no Brasil são a 925 ou 950, dependendo do uso e da região. São as ligas de prata com maior durabilidade e qualidade.


 

PLATINA OU PRATA?

A platina em seu estado nativo é um material de coloração branca acinzentada opaca, precioso, maleável e dúctil. Ela é mais dúctil do que o ouro, a prata ou o cobre, assim sendo entre os metais puros o mais dúctil. A pureza deste elemento torna-o mais duro que o ferro em estado nativo.

 

A platina tem uma excelente resistência à corrosão, e é um material com estabilidade em suas propriedades. Suas propriedades físicas e químicas estáveis o fazem convenientes nas aplicações industriais. Sua resistência ao desgaste e sua opacidade é muito requisitada em jóias de alto valor comercial.

Devido a sua escassez a platina é mais valiosa que  a prata, muito embora não seja muito cobiçada.
Fisicamente as jóias de prata e de platina são muito parecidas, salvo algumas diferenças. Veja abaixo como podemos diferenciar a prata da platina:

*Uma das maneiras é pela marcação, se a joia apresentar as marcas "PT" ou "PLAT", é feita de platina. As marcas "S" ou "SILVER", por sua vez, indicam que a joia é feita de prata.

*Também é possível diferencia-las pelo peso. A proporção da platina é 21,40 e a da prata é 10,49. O peso da prata é quase a metade do da platina, quando ambos têm o mesmo volume. Via de regra, portanto, as pessoas podem diferenciá-las pelo peso.

*Ao se observar a platina com cuidado, a olho nu, é possível constatar que ela é de um branco brilhante levemente acinzentado, tem textura rígida e não será arranhada se aguilhoada. Embora a prata tenha uma ótima textura lisa e branca, sua cor mudará para um branco acinzentado ou para preto com a oxidação, que pode ser removida com um pano.

* A platina resiste bem à oxidação por altas temperaturas, tem um ponto de fusão que chega a 1770 ºC e sua cor não irá mudar se exposta a fogo com alta temperatura e for, em seguida, resfriada. A prata, por sua vez, tem um ponto de fusão menor e ficará vermelha ou preta, dependendo da proporção de prata.


 

Empresa 100% Legalizada

    • whats-app
    • whats-app
    • whats-app
    • whats-app
    • whats-app
    • whats-app
    • whats-app

    BALNEÁRIO CAMBORIÚ: Galeria Camboriú Center, Av. Brasil, 1148, sala 11, Centro, Balneário Camboriú - SC. Tel: (47) 2033-1621 / (47) 99998-2200 

    BLUMENAU SHOPPING HERING: Rua Quinze de Novembro, 759, sala 26C (térreo), Centro, Blumenau-SC. Tel: (47)3037-4674 / (47) 99633-5672

    CASCAVEL: Shopping Central Park, Av. Brasil, 6282, sala 22, loja 308 (Térreo), Centro, Cascavel-PR, Tel: (45)3039-0003 / (45)99108-6214

    CAXIAS DO SUL: Shopping Caxias Plaza, Av. Júlio de Castilhos, 1914, sala 18, Centro, Caxias do Sul - RS. Tel: (54)3771-4839 / (54) 98157-0110

    CRICIÚMA: Edifício Bortoluzzi Center, Rua João Pessoa, 45, 1° andar, sala 123, Centro, Criciúma - SC. Tel: (48) 3045-4208 / (48) 99840-3833

    GUARAPUAVA: Shopping Maria Antônia, Rua XVde Novembro, 7566, sala 10, Centro, Guarapuava - PR. Tel: (42) 3304-0584 / (42) 988186429

     

    TUBARÃO: Praça Shopping, Av. Marcolino Martins Cabral, 1315, 1º andar, sala 30 B, Centro, Tubarão - SC. Tel: (48) 3626-5518 / (48) 99656-0141